Estratégias de Implementação do Método dos Elementos Finitos utilizando Processamento de Alto Desempenho

Resumo: Nas últimas décadas, a popularização dos computadores de alto desempenho apresentou um impacto representativo nas ciências. O uso de métodos computacionais para simular fenômenos físicos possibilitou avanços significativos em tecnologias que afetam drasticamente todos os aspectos da vida humana. É possível afirmar que estamos no limiar de uma nova era, ultrapassando barreiras que apenas imaginávamos existir a alguns anos. Tais fato é conseqüência da crescente oportunidade de integrar e estender as capacidades de modelagem e simulação computacional em larga-escala com as tecnologias emergentes de tratamento, visualização e extração do conhecimento de grandes massas de dados, computação distribuída e em grade, e o desenvolvimento da infra-estrutura de redes de altas velocidades [Oden03, Belytschko04].
Porem, mesmo relevando os últimos avanços obtidos com as redes de interconexão de altíssima vazão, memórias de baixa latência e poderosas arquiteturas multiprocessadas, com o aumento explosivo das massas de dados e a necessidade premente de modelos matemáticos e técnicas de solução para problemas multi-física, simulações e aplicações paralelas de grande porte – tão vitais para inúmeros ramos da indústria e comércio – ainda constituem um desafio para engenheiros e cientistas. Hoje em dia, a única abordagem genérica e escalável para lidar com essa problemática tem sido o paradigma de troca de mensagens. Esse, no entanto, historicamente, possui duas deficiências: a pobre portabilidade, advinda da fraca padronização e a dificuldade, vivenciada por muitos programadores, em desenvolver, com praticidade, códigos eficientes.
Em consonância com esses desenvolvimentos, observa-se uma necessidade crescente de novas metodologias voltadas para simulações de problemas envolvendo múltiplas escalas espaciais e temporais e múltiplas físicas acopladas [Dolbow04]. Encontram-se desafios desta natureza em diversos problemas de engenharia tendo em comum a necessidade de ferramentas de simulação adequadas, envolvendo os modelos matemáticos e sua discretização, técnicas de solução para problemas multi-física, simulação multi-escala, solucionadores rápidos e protótipos de sistemas computacionais para simulações em larga escala [Keyes04]. Neste projeto, estudaremos técnicas computacionais de alto desempenho tomando-se como técnica básica de discretização o método dos elementos finitos.

Data de início: 2010-03-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Ricardo Guidoni Nascimento
Aluno Mestrado Luiz Claudio Silva Magnago
Aluno Mestrado Kamila Ribeiro Ghidetti
Aluno Mestrado Roberta Nunes Mattos
Aluno Mestrado Wesley dos Santos Menenguci

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910